Muitas pessoas ainda hoje não sabem exatamente o que um urologista faz. No post de hoje, o urologista do Instituto Ellos de Medicina e especialista em cálculo renal, Dr. Bruno de Resende, esclarece as dúvidas mais frequentes dos pacientes. Vamos lá?

 

1) O que faz um Urologista?

A Urologia é a especialidade médica que se dedica ao estudo e tratamento de todas as doenças que acometem o sistema urinário dos dois sexos e do sistema reprodutor masculino. Portanto, o Urologista é o médico responsável por avaliar, diagnosticar e tratar quadros e doenças relacionados a esses órgãos. Dentre as principais doenças urológicas, estão:

 

– Tumores (benignos e malignos) nos rins, próstata, testículo, adrenais, bexiga, ureter;

–  Infecção do trato urinário;

– Cálculo renal (pedras nos rins);

– Estenoses (estreitamentos do trato urinário);

– Incontinência urinária e outros distúrbios da micção;

– Infertilidade;

– Fimose;

– Ejaculação precoce;

– Impotência sexual.

 

2) O Urologista só atende homens?

A resposta é não. “Essa é uma das dúvidas mais comuns nos consultórios. O Urologista é responsável por cuidar de todo o trato urinário tanto de homens quanto de mulheres e todas as doenças que o acomete”.

 

3) Quando devo procurar um Urologista?


Apesar de ser fundamental visitar regularmente esse profissional para detectar doenças de forma precoce, alguns sinais que indicam a necessidade imediata de procurar um urologista. “Dores nas regiões lombar, abdominal, testículos e pênis, desconforto ou urgência ao urinar, incontinência urinária, sangue na urina, aumento ou diminuição da frequência urinária diurna são alguns sinais que indicam sua ida ao Urologista”, explica Dr. Bruno.

 

4) Pedra nos rins causa dor?

“Sim e não. Depende! Quando ela está dentro dos rins, normalmente não causa dor. A dor causada por pedras nos rins é desencadeada quando esses cálculos se movimentam na tentativa de sair do organismo e possui características típicas: é aguda, forte, pode ser incapacitante, tem início súbito e não possui relação com esforço físico. Vale lembrar também, que normalmente está associada a náuseas e vômitos”, alerta o médico. Na medicina, estudos mostram que a dor causadas pelos é uma das mais intensas, sendo comparada por algumas mulheres com a dor do parto. Ela exige procura imediata de um pronto-socorro ou do seu médico!

 

 

5) Leite causa pedra nos rins?

Não! Apesar do cálcio estar presente em cerca de 80% dos cálculos renais, a ingestão moderada de leite raramente é a causa das pedras. Mesmo porque o nosso organismo precisa do cálcio e quando sua ingestão é baixa, inclusive, o organismo precisa buscar outras fontes desse nutriente, como nos ossos, podendo desencadear osteoporose. O ideal é manter uma dieta equilibrada, rica em ingredientes naturais como frutas, verduras e legumes, controle de sódio e alto consumo de água diariamente!

 

6) Qual melhor tratamento para pedras nos rins?

O principal objetivo dos tratamentos de pedras nos rins é a desobstrução urinária e ele depende e pode variar de acordo com cada paciente e de onde o cálculo se encontra. “Existem tratamentos com medicamentos para melhora da dor e cirúrgicos, por isso a visita ao Urologista é essencial para análise do mais indicado para o seu caso”. Clique aqui para saber mais sobre os tratamentos!

 

7) O que é e para quê serve a próstata?

A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor masculino, localizada entre o pênis e a bexiga, onde desembocam as vesículas seminais (responsáveis pela formação de um dos componentes do sêmen) e envolve a uretra (canal que escoa a urina). “Sua função é produzir um líquido alcalino que constitui entre 10% e 30% do sêmen, que durante a ejaculação é excretado, contribuindo para compor o volume do esperma”, salienta Dr. Bruno. Essa secreção protege e nutre os espermatozóides, contendo sais minerais e enzimas.